FELIPE ANTUNES foi selecionado como artista Natura Musical 2019 com o projeto Visão Noturna, em parceria com Nástio Mosquito, de Angola. Nasceu em São Paulo-SP e cresceu em Bragança Paulista, é pesquisador, músico, compositor e vocalista da banda Vitrola Sintética. Em 2015 e 2016, foi indicado ao Grammy Latino com a banda nas categorias: Artista Revelação, Engenharia de Gravação e Música Alternativa (single Deus). Também em 2016 lançou o álbum-livro solo Lâmina, com participações de Ná Ozzetti, Helio Flanders e Bocato, no SESC Pompéia. Graduado em Engenharia de Materiais pela USP, já defendeu mestrado, doutorado e pós-doutorado (em parcerias entre USP, IPEN, Universidade de Aveiro e Universidad Autónoma de Madrid) em Ciência dos Materiais. Em 2018 lançou o EP Voz/Sexo com Modelos (Vitrola Sintética e Marilina Bertoldi – AR) e o álbum-livro CRU (no SESC Avenida Paulista), gravado em Portugal com participações de Xis, Kika, Oswaldo de Camargo (um dos mais antigos e importantes poetas da resistência negra) e de artistas de Angola (Nástio) e Moçambique (Lenna Bahule).
Segue em circulação com o álbum CRU. Em 2019 lançará, no primeiro semestre, o novo álbum do Vitrola Sintética (com produção de Tó Brandileone - 5 a Seco - e participações, como do cantor, violonista e compositor do recôncavo baiano, Roberto Mendes) e no segundo semestre, com previsão para setembro/outubro, Visão Noturna, com Nástio Mosquito.

Captura_de_Tela_2018-11-29_às_09.32.28.p

CRU

O álbum-livro CRU esta em circulação desde agosto de 2018. A forte veia lusófona transcende o fato de ter sido gravado em Portugal. Caminha poeticamente pelo Manifesto Anti-Dantas, de Almada Negreiros (poeta modernista de São Tomé e Príncipe e então radicado em Portugal) e pelas participações de artistas de Angola e Moçambique - além do rapper Xis e do importante poeta da literatura negra, de 82 anos, Oswaldo de Camargo. O disco ainda tem a regravação de Super-Homem - A Canção, de Gilberto Gil

Felipe Antunes: voz e violão

Leonardo Mendes: violão

Kika Carvalho: voz e sintetizador

Yaniel Matos: violoncelo

clique na imagem acima para saber mais

Captura_de_Tela_2018-11-30_às_00.11.49.p

VITROLA SINTÉTICA

O quarto álbum será lançado entre abril e maio de 2019. Entre outros temas, o trabalho discute a relação dura e pouco generosa da vida nas cidades, com canções como "Lamento Urbano" e "Gente", também traz calma e reflexão de recomeço, em "Egressar" (participação de Roberto Mendes) e celebra a liberdade dos corpos com "Massa Mascular" (parceria entre Felipe e Bárbara Eugênia).

Além da relação Latina com o Grammy, e da turnê Argentina de 2013, a banda mantém crescente relação artística com a América Latina: o último EP, VOZ, foi lançado em parceria com a cantora argentina Marilina Bertoldi.

Felipe Antunes: voz e guitarra

Rodrigo Fuji: voz, guitarra e sintetizador

Otavio Carvalho: baixo e sintetizador

Kezo Nogueira: bateria

clique na imagem acima para saber mais

Captura_de_Tela_2018-11-30_às_00.12.50.p

VISÃO NOTURNA

O Projeto, parceria entre Felipe e o artista de Angola Nástio Mosquito, foi selecionado pela Natura Musical 2019. O lançamento acontecerá a partir de setembro/outubro do próximo ano, na segunda viagem que Nástio fará ao Brasil em 2019. 

Neste trabalho a intenção lusófona se acentua e se expande, a conexão entre os continentes (América, África e Europa) no atual pós-eurocentrismo se aprofunda e a visão poética-estética se baseia na violência (e sua reversão), contidas nos modos "Night Visions". A obra sugere voltar à natureza, tratando, com isso, das questões da negritude e dos preconceitos e desigualdades de toda sorte. A VISÃO NOTURNA não nos tira as diferenças, mas nos iguala em oportunidade e em como somos vistxs.

clique na imagem acima para saber mais

contatos

artista:

Felipe Antunes

(11) 982126689

contatofelipeantunes@gmail.com

produção:

Livia Rodrigues

(11) 995413307
livia.mir@gmail.com